Últimas Notícias
GALERIA DE IMAGENS
História

RESENDE, freguesia sede do concelho, situada no extremo norte do distrito de Viseu, mesmo junto ao rio Douro, tem as seguintes confrontações: de nascente com a freguesia de São João de Fontoura; de poente com as freguesias de Anreade e Cárquere; de norte com o Rio Douro que a separa da freguesia de Santa Marinha do Zêzere, concelho de Baião; e de sul com a freguesia de Felgueiras.

Com uma área geográfica de 11,99Km2, tem como principais lugares populacionais os seguintes: Vila, Vinhós e Safões, Mirão, Loureiro, Rendufe, Paredes (Barcos), Enxertado, Minhães, Granja, Arco, Novais, Pene, e Massas.

A sua população é de 3166 habitantes (censos 2011).

A origem do topónimo principal - Resende- é, ainda hoje, discutível. A opinião mais plausívell, e com maior rigor linguístico, atribui o nome do lugar ao de um antigo possuidor visigótico – Redisindus”. Tratar-se-á de um genitivo possessivo – “Villa Redisindi”, ou seja, Vila de Redisindus. Daí, por evolução linguística, Redisendi – Reisendi – Reesende – Resende.

O local onde atualmente se situa a Vila e a sede de Concelho não passava, noutros tempos, de um pequeno povoado de nome Sangens.
Contudo, bem perto desse povoado havia, desde tempos anteriores à nacionalidade, um Senhorio com o Paço (palácio) do Senhor e a Quinta circundante, designando-se o conjunto por “Paço de Resende”.

Após a batalha de S. Mamede, por volta de 1130, D. Afonso Henriques, concedeu privilégios de “Honra” a esse Senhorio, então já na posse de seu Aio e Tutor, Dom Egas Moniz, de Ribadouro.

A dita honra passou mais tarde da linhagem de Egas Moniz para a linhagem dos Castros. Por morte do último da linhagem - Vasco Martins de Resende, em 1473, sem geração, o senhorio passou para a posse de Dona Maria de Castro, sua esposa, e dela para os seus herdeiros. Andando em litígio a posse do senhorio entre os herdeiros da senhora, o rei D. Manuel I aproveitou o ensejo para criar um novo Concelho no lugar da antiga Honra, o que oficializou dando-lhe carta de foral, em 16 de julho de 1514.

A sede do Concelho, até 1855, esteve no lugar de Vinhós, à distância de cerca de 2km da Vila dos nossos dias. Só naquele ano o Lugar de Sangens, se tornou o centro administrativo do Concelho, tendo-se construído o primeiro edifício da Câmara em 1874.

Em 1928, Manuel Rebelo Moniz, Presidente da Câmara Municipal, deu ao antiquíssimo lugar de Sangens, onde existia uma antiquíssima capelinha dedicada ao dito santo, o nome de Vila de Resende.

Em Resende, fazem-se duas feiras quinzenais: uma no dia 7 e outra no dia 20 de cada mês, a menos que se o dia 7 calhar num domingo antecipa-se para o dia 6, se o dia 20 calhar num domingo passa para dia 21. Para além destas, também se faz uma anual no dia 29 de setembro, a coincidir com o feriado municipal e com as “Festas da Labareda”.

Existem nesta freguesia, para além do Seminário de Nossa Senhora de Lourdes, diversas casas solarengas/senhoriais. Entre elas, a Casa do Apréstimo, a Casa de Vila Pouca, a Casa da Granja, a Casa das Vinhas, a Casa do Sais, a Casa de Massas, a Casa de Rendufe, a Casa das Cotas, e a Casa do Outeiro, no Enxertado.

Após a Revolução do 25 de abril de 1974, foram criadas as chamadas autarquias locais, na continuidade das antigas Câmaras e Juntas de Freguesia.

A primeira sede da nova Junta de Freguesia, agora democraticamente eleita, começou a funcionar no edifício sito no Largo da República, também conhecido por Terreiro da Câmara, onde mais tarde esteve instalado o Posto da Guarda Nacional Republicana. A nova sede, em edifício próprio, sito na Avenida Dr. Francisco Sá Carneiro, foi inaugurada em maio de 1984, pelo então Vice-Primeiro Ministro Senhor Professor Doutor Carlos Alberto da Mota Pinto.

Bibliografia consultada: DUARTE, Joaquim Correia, Resende e a sua História, Vol. 2, Resende, C.M.R, 1996

Project Cover
Turismo
  • Tradições
  • Locais de interesse

Orago: S. Salvador

Feiras: Quinzenal (dias 7 e 20 de cada mês)

Festas e romarias: Festas da Labareda/Festas do Concelho (29 de Setembro) e S. Salvador (6 de Agosto)

Gastronomia: Anho assado com arroz no forno, arroz de vessada e cavacas de Resende.

Artesanato: Cestaria



Igreja Matriz

Seminário

Casas de Vila Pouca

Massas

Apréstimo

Cotas e Paço


Capela de Senhora do Viso

Paredes

Enxertado

Mirão

Quinta das Trapas S. Brás e Telefe

Obras realizadas
Heráldica
Project Cover

Brasão: escudo de prata, uma espada de azul em riste, guarnecida de ouro, entre duas cabras de negro gotadas de ouro, passantes e afrontadas. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: \"FREGUESIA de RESENDE\".


Project Cover

Bandeira: azul. Cordão e borlas d e prata e azul. Haste e lança de ouro.




Project Cover

Selo: nos termos da Lei, com a legenda: \\\"Junta de Freguesia de Resende\\\".

Órgãos autarquicos
Team Member
José Augusto Pinto Pereira
Presidente
Team Member
Arlindo Pinto de Sequeira
Secretário
Team Member
Alberto de Sousa Melo
Tesoureiro

Assembleia:

Presidente: Albino Rogério Pina

1º Secretário: Rosa Maria da Conceição Costa Dias

2º Secretário: José Vieira dos Santos

Vogais: António Fernando Trindade
Luís Octávio Matos Ferreira Pinto Pereira
Carla Maria Gama da Cunha José
Maria das Dores Correia Pinto Rebelo

Informação autárquica

Pedido de documentos

Contactos
  • Av. Dr. Francisco Sá Carneiro, n.º 815
  • 4660-226 RESENDE
  • +351 254 877 665
  • juntafr@gmail.com
Entrar em contacto
*Por favor, preencha os campos coretamente
Obrigado pelo seu comentário